Google+ Followers

terça-feira, 28 de junho de 2016

Pelo fim do imposto sindical!


O Senador Blairo Maggi está propondo o fim do imposto sindical na Constituição Federal e na CLT. Todo ano, no mês de março, o valor equivalente a um dia de trabalho é descontado do salário de empregados com carteira assinada e de funcionários públicos. Trata-se de uma contribuição obrigatória repassada aos sindicatos e vale para todos, filiados ou não às entidades. Ora qual é o sentido de obrigar o Trabalhador a pagar por algo que ele não quer, a sustentar as mordomias de quem ele não conhece e financiar partidos e políticos que ele não gosta? Esta é mais uma das bizarrices da CLT, única legislação fascista em vigor na Terra!

Rumos da oposição em Rolândia...


O grande problema da oposição é a incapacidade de se adaptar, renovar e reciclar. É a insistência dos velhos caciques em práticas ultrapassadas e alianças fisiológicas furadas. O grupo do atual prefeito foi mais feliz em ocultar suas velhas (e não menos rejeitadas) raposas e suas falidas práticas políticas. Mas não se iludam: No campo de oposição também há pessoas de bem comprometidas com uma nova agenda para Rolândia. Ou a oposição se renova e se afasta dos velhos caciques (e da esquerda) ou amargará mais uma derrota. Quem avisa, amigo é!

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Duas notas sobre o BREXIT...


BREXIT: Quanto maior o estado maiores serão as distorções provocadas na economia seja por meio de subsídios, impostos, protecionismo, burocracia, regulamentações, corrupção, etc... Neste sentido, Mises.org publicou uma brilhante análise sobre a polêmica saída do Reino Unido da União Européia. Quem leu o Artigo percebeu que, infelizmente, a UE vêm abandonando sua visão original (Liberal Clássica e Cristã) rumo a um estatismo centralizador e burocrático que vêm destruindo a autonomia dos estados membros e a Liberdade dos cidadãos.

LIBERALISMO: Sobre este tema, registre-se que o Liberalismo não conhece nenhuma subjugação, nenhuma anexação; assim como ele é indiferente ao próprio estado, o problema do tamanho do estado também lhe é indiferente. O Liberalismo não obriga ninguém a se manter contra a sua vontade dentro da estrutura do estado. Quando uma fatia da população quiser deixar de pertencer a uma união, o Liberalismo não irá impedi-la de consumar tal propósito. Colônias, cidades ou distritos que quiserem se tornar independentes estão livres para fazê-lo. Uma nação é uma entidade orgânica e, como tal, não pode ser nem aumentada nem reduzida por mudanças na formação de seus estados; O mundo como um todo não é prejudicado por esse novo arranjo. (Ludwig Edler Von Mises: Nação, Estado e Economia, pp. 39, 40).

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Estamos em Luto!


Um empresário cometeu suicídio, após não conseguir negociar com os sindicatos e com a justiça do trabalho e ser obrigado a demitir 223 funcionários. A Iniciativa Privada é a grande vítima da CLT fascista e da voracidade de um governo cada vez mais sedento por dinheiro. Quando os empresários criam vagas e renda os políticos dizem que o mérito é deles. Agora, quando os políticos saqueiam os cofres públicos e causam uma grave crise econômica, são os empresários e trabalhadores da iniciativa privada que aguentam as pontas, pagando mais impostos. Chegou a hora do povo enxergar o outro lado da história: Coletivismo é escravidão!

Mais do mesmo?


O Rio decretou falência. Caixa Econômica, BNDES, Banco do Brasil, Previdência, Petrobrás, Infraero, Correios e Eletrobrás estão a beira do colapso. O governo federal está na lona. Os Municípios estão falidos. Esta tragédia é o resultado lógico da farra populista e irresponsável com o dinheiro dos pagadores de impostos! Hoje a grande pergunta é: Será que os políticos e  eleitores aprenderam a lição? Pelos discursos da grande maioria dos pré-candidatos a prefeito e a vereador, infelizmente, podemos esperar mais do mesmo. Vamos ficar atentos!

Perspectivas da Industrialização em Rolândia!



O conceito de condomínio industrial vem ganhando força no meio empresarial. Na prática, ele se caracteriza pela reunião de várias empresas em um mesmo parque, no interior de um espaço murado. Neste modelo, a portaria, cercas elétricas, vigias, áreas de estacionamento, refeitório, restaurante,  creche, vestiários, área de lazer e espaços esportivos são de responsabilidade do condomínio. Ibiporã, em uma área de 12 alqueires (similar ao terreno doado à Selmi) implantou o seu Condomínio Industrial onde inúmeras novas empresas estão instaladas. Este será mais um grande desafio para a próxima administração: Mãos à obra, Rolândia!

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Homenagem ao amigo Narciso Bouças!



Gostaria de registrar o meu apreço e homenagem ao economista e ex-Vereador de Rolândia, Narciso Bouças Júnior. Tive a honra de conviver com ele na legislatura 2001 - 2004. Na época, Narciso presidiu a Câmara Municipal com ética e transparência, motivo pelo qual foi reeleito para o cargo por unanimidade. Narciso é daqueles raros políticos que sempre defendeu a ética e a responsabilidade fiscal na Administração Pública. Foi uma honra e um grande aprendizado ter sido Vereador ao seu lado! Que o Eterno lhe abençoe e fortaleça, Sr. Presidente!

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Obrigado, Rolândia!


Semana passada concedemos entrevista ao Jornal Manchete do Povo na condição de pré-candidato a Prefeito de Rolândia pelo PSC. Gostaria de agradecer do fundo do coração a grande recepção que temos recebido nas redes sociais e nas ruas de nossa cidade! Em cada olhar, aperto de mão e em cada abraço recebido nós sentimos o carinho e esperança de nossa população. Sabemos que o desafio é imenso, talvez o maior que já enfrentamos até aqui, mas saibam que apoio de todos vocês é o que nos fortalece e incentiva!

quarta-feira, 15 de junho de 2016

COMDEMA pede explicações ao Prefeito!


Conforme já noticiado, o COMDEMA liberou (em auxílio a administração Francisconi) R$ 200 mil para a reconstrução das pontes da Arcol e do Caramuru e mais R$ 215 mil para a construção do Centro de Apoio no Aterro de Resíduos da Construção Civil. Com os recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente (instituído pelo Código Ambiental), serão construídos barracão de triagem, sanitários, refeitório e alambrados para atender os trabalhadores.  Infelizmente, o Conselho não foi informado em que fase se encontram os Projetos e as Licitações. Para os Conselheiros a transparência é fundamental!

sábado, 4 de junho de 2016

Promotoria fiscalizará uso eleitoreiro da frota!


Com intenção de evitar o uso eleitoreiro da frota de veículos oficiais da Prefeitura e  da Câmara de Vereadores, a Promotoria de Justiça de Arapongas, ajuizou uma ação civil pública em que requer a criação de um sistema de controle do uso de veículos oficiais, segundo informações do Portal JusBrasil. Em Rolândia, a Sociedade Civil e Ministério Público deverão trilhar o mesmo caminho para evitar o uso eleitoreiro da máquina. Nada mais justo!

Uma nota sobre o Capitalismo...


Não há sistema perfeito, mas há uma práxis compatível com a natureza humana. O único sistema que permite a interação espontânea entre pessoas de raças, culturas, religiões, inteligências e habilidades diferentes, sem coerção, é o Capitalismo de Livre Mercado. Nossa crítica é dirigida ao capitalismo de estado, de laços ou de compadrio (de viés keynesiano) que, inevitavelmente, gera distorções, bolhas, artificialismos e crises desnecessárias.