Google+ Followers

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Infâmia, corrupção e incompetência!


Mises afirmou com precisão que “não existe ameaça mais perigosa para a civilização do que um governo de homens incompetentes, corruptos e infames. Os piores males que a humanidade já teve de suportar, lhe foram infligidos por maus governos". Eis o retrato mais objetivo e fiel de todos governos de esquerda ao longo do último século. Fora PT! Impeachment já!

Dilma veta voto impresso!


Dilma vetou o projeto de Lei que pretende instituir o voto impresso como alternativa para contabilizar os resultados em caso de suspeita de fraude. Diversos pesquisadores de renomadas Universidades demonstraram que as urnas eletrônicas são extremamente vulneráveis. Também causou grande suspeita as centenas de denúncias de urnas viciadas, bem como a apuração secreta do segundo turno pelo controverso ministro Dias Toffoli (ex-advogado da CUT e PT). A suspeita dos milhões de brasileiros está confirmada, afinal, quem não deve, não teme, não é dona Dilma? O Congresso promete derrubar os vetos. Vamos pressionar!

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Capitalismo ou pré-história?


Imagine se você tivesse que plantar o trigo para fazer o pão, retirar o sal da água do mar, ordenhar uma vaca para fazer o queijo e a manteiga, matar uma galinha para retirar o filé de frango, fazer o próprio picles ou extrair o mel do favo. Além de demorado, este processo custaria cerca de US$ 1.500 dólares e o resultado não seria dos melhores... Pense nisto antes de criticar o Livre Mercado, afinal sem ele não haveria lápis, papel, carros, computadores, internet, muito menos papel higiênico para você limpar o seu bumbum. Sem o Capitalismo a humanidade voltaria para a pré-história mais rápido do que você consegue imaginar! Quem é John Galt?

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

A festa acabou!


O dólar pode chegar a R$ 5,00 caso ocorra um novo rebaixamento do Brasil. O fato é que a era da gastança irracional e do farto crédito subsidiado pelos pagadores de impostos acabou. Ficou claro que a era da "bonança" foi uma grande ilusão. A conta do populismo político, fiscal e econômico é amarga!  Os nossos parabéns aos iluminados da esquerda e suas soluções mágicas!!! Pela centésima vez na História eles provaram que conseguem destruir qualquer Nação por mais grande e rica que seja em apenas uma década!!! E viva Lula, Dilma, PT, PCdoB e a PQP! E agora José? A festa acabou e a conta chegou...

domingo, 20 de setembro de 2015

Sobre a intervenção no Hospital São Rafael


Estudei rapidamente o Decreto de intervenção no Hospital São Rafael. Não tenho dúvida que o governo interino esteja revestido dos mais elevados propósitos. Entretanto, causou-me preocupação o art. 6º que, expressamente, declara como objetivo da requisição “cumprir as obrigações não adimplidas”.

As dívidas do nosocômio estão na casa dos R$ 15 milhões. Com efeito,  este grande passivo poderá recair sobre o bolso da população, prejudicando a capacidade de investimento do Município e podendo motivar um indesejável aumento de impostos em um grave cenário de recessão econômica.

Recentemente noticiou-se que o Hospital havia conseguido uma liminar que tornou dispensável a exigência de certidões negativas estaduais para o repasse de recursos. Neste sentido, os Advogados Jeferson Matias e Isaac Altino alertaram que a administração poderia requerer judicialmente a dispensa de outras certidões, fato que tornaria dispensável a intervenção.

Penso que a Administração também poderia, via Decreto, nomear uma Comissão com amplos poderes para monitorar, acompanhar e sancionar as decisões da administração hospitalar, além de realizar a necessária Auditoria.

Notem que as duas medidas propostas não se excluem, são juridicamente viáveis e menos onerosas aos munícipes rolandenses. Verei mérito caso o governo interino decida trilhar estes caminhos para garantir a continuidade do atendimento hospitalar sem o risco de sobrecarregar os cofres municipais.

Acredito ser mais acertado somar esforços com a Sociedade Civil nesta árdua tarefa de garantir a sobrevivência deste Hospital Filantrópico diante do famigerado subfinanciamento do governo federal que, registre-se: é o grande responsável pelo caos financeiro que afeta a Saúde em todo o país!

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O NOVO sempre vem!!!


A última década de populismo esquerdista e suas nefastas conseqüências para o Brasil reacenderam a luz do pensamento de Smith, Locke, Mises, Hayek, Friedmann e outros gênios do pensamento Liberal. O TSE deferiu o registro do Partido Novo que se propõe a defender a livre iniciativa no Comércio, Indústria e Agricultura; Combater o estado paternalista e os conceitos coletivistas; Garantir o acesso a uma edução básica de qualidade, baseada na meritocracia; Rever o papel do estado e reduzir a carga tributária, dentre outros desafios! Em Rolândia, um grupo Jovens já iniciou conversas visando a fundação do Novo. Uma nova política, com novas idéias e novos personagens está nascendo!  

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

O estado é um ente parasítico!


O estado é, isso sim, uma "empresa" parasítica.  Os proprietários e gerentes do estado, as pessoas que trabalham no estado e as pessoas que dependem do estado para sobreviver não produzem riqueza e nem geram renda; ao contrário, elas consomem a renda e a riqueza da nação, renda e riqueza que foram produzidas por empresas e trabalhadores normais.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Caixa processa desgoverno do PT!


A saúde financeira da Caixa Econômica Federal não deve estar nada boa. Segundo reportagem do Portal Infomoney, a Caixa está processando o governo Dilma por conta de uma dívida de R$ 274 milhões não quitada pelos Ministérios da Agricultura e das Cidades (responsável pelo Minha Casa, Minha Vida). Isto é incrível! É a primeira vez que vejo um banco do governo processar o governo! E pior: O governo se negar a pagar!!! É mole? 

sábado, 12 de setembro de 2015

A madrinha do Montanhismo rolandense!

Mathilde Maier

O Montanhismo rolandense está em sua quarta geração. A primeira foi iniciada ao esporte na Alemanha. Este é o caso da grande escritora, zoóloga, física e química judia-alemã, Mathilde Maier. Tite pode ser considerada a madrinha do Montanhismo rolandense. Suas experiências nas Montanhas da Europa estão referenciadas em sua marcante obra Os Jardins de Minha Vida. Tite e seu marido Max, descansam no tradicional Cemitério de São Rafael. Vale recordar que o conquistador do Pico Paraná, Reinhard Maack, manteve íntimos laços com a Comunidade Alemã de Rolândia chegando a possuir uma propriedade experimental em nosso Município. O Montanhismo rolandense têm uma bela história!

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Um governo irresponsável!


O Brasil entrou para o SEPROC do crédito internacional. As nefastas consequências econômicas serão inevitáveis: Fuga de capitais, alta do dólar, juros e dias piores para os bancos públicos (Caixa Econômica, BNDES e Banco do Brasil) serão alguns dos primeiros efeitos. A culpa é de Lula, Dilma, do PT e de seus aliados de esquerda e suas políticas populistas inconsequentes. A conta desta irresponsabilidade deve ser assumida exclusivamente por seu causador: O governo! A velha solução esquerdista de aumentar  impostos só irá gerar mais recessão, inflação e desemprego. Alguém duvida? Basta olhar para a Venezuela!

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Sou mais otimista!


Sou mais otimista: Creio que o ideal Liberal de Liberdade é um caminho sem retorno, uma espécie de Nirvana mais compatível com os rumos tecnológicos de nossa civilização!

(Um diálogo com o Amigo Eduardo Pinetti).

A conquista da Serra Chata nos Agudos!

Serra Chata e Pico Agudo.

A Serra Chata (1.080 metros de altitude) é uma belíssima formação integrante da Serra dos Agudos e uma das últimas Montanhas que, inexplicavelmente, permaneciam virgens no Norte do Paraná, apesar dos últimos anos de intenso fluxo de Montanhistas na região.  

Após muitos anos adiando, enfim era chegado o momento de ascender a seu interessante cume. Desde o meu primeiro contacto com seus belíssimos paredões, sua densa floresta estacional semi-decidual e campos virgens que ansiava por embrenhar-me em seus domínios.

Nas várias caminhadas em direção ao Pico Agudo, era comum deter-me por alguns instantes analisando qual seria o melhor traçado para uma futura trilha. Estudei os mapas e vislumbrei três possibilidades de ascensão sem a necessidade do uso de equipamentos. 


Pico Agudo e Serra Grande avistados do Cume.

Programada com três dias de antecedência, o objetivo inicial era abrir uma travessia Serra Chata - Pico Agudo 0 que acabamos descartando face ao imenso esforço que seria transpor as Florestas e Campos virgens da Montanha com as cargueiras. Optamos pelo ataque...

Amolamos os fações na sexta, providenciamos o Livro de Cume, areia e cimento e partimos de Rolândia às 4:15 da matina. Estacionamos bem no cotovelo da Serra, localizado na bifurcação com a estrada velha às 7:30 e iniciamos imediatamente a abertura da trilha.

O primeiro trecho de caminhada ocorre em um belo fragmento de mata repleto exemplares de lianas, gabirobas, pitangueiras, jabuticabeiras, caviúnas, sapopemas, jerivás... Parêntesis a uma interessante espécie de orquídea terrestre que não havia avistado em lugar algum...


Aspecto dos Campos...

Após 50 minutos de agradável ascensão pela Floresta há uma grande rocha que desprendeu-se do paredão e que indica o início da transição para os campos. Apelidamos a rocha "chora na rampa" dado ao suor que vertia dos comparsas Lucas, Klaus, Catarina & esposa...

Seguimos adiante. Analisando de mais perto o paredão, vislumbramos um campo fértil para os Montanhistas praticantes de escalada, dado ao fácil acesso e as inúmeras possibilidades de vias, todas emolduradas pela paisagem natural mais bela do Norte do Paraná.  

O trecho seguinte é um denso colchão emaranhado de capim 'cheiroso' nativo que chegava a 1,5 metro de altura. Recordo que este ecossistema é sensível a queimadas, ainda mais nesta época do ano, recomendando-se, portanto, muita cautela no manejo de fogo ou cigarros. 

Alguns trechos são domínios de pteridófitas (samambaias das taperas) que ofereceram resistência ao avanço, embora servissem como apoio para a escalaminhada do paredão... Já nas rochas e penhascos, há belíssimos exemplares de rainhas do abismo e dyckias


O Vale do Rio Esperança (RPPN Inhó-ó)

Nos campos, passamos a nos locomover como lagartos  rastejando por cima do emaranhado de capim nas encostas ingrimes, muitas vezes sem pisar no chão. Tal fato, somado a grande verticalização, fez com que apenas o Lucas continuasse me acompanhando rumo ao Cume.

Rapidamente analisamos as possibilidades e decidimos seguir por uma fenda que oferece segurança na escalaminhada. Logo após, avançamos alguns metros auxiliados pela vegetação e nos deparamos com mais um trecho de parede, sem muita pega na vegetação mas com bons apoios na rocha exposta. O local demanda muita atenção e concentração.

Vencemos o segundo trecho de paredão e seguimos com mais tranqüilidade. Alcançamos o cume às 9:30 hrs. A trilha atinge o ápice da Motanha próximo a um belíssimo exemplar de canafístula onde descortina-se uma fantástica visão do Paredão e do Vale do Rio Esperança.


Serra Grande, Taff e foz do Rio Esperança.

Seguimos na direção norte do Cume de onde se têm uma visão fantástica do Agudo, Serra Grande, Taff, vale do Rio Esperança e sua foz no Rio Tibagi. No local, há duas áreas para acampamento (aproximadamente 4 barracas). Entre elas, instalamos o Livro de Cume...

Em breve retornaremos para pernoitar neste local... Já consigo pressentir quão mágico  será o inédito Crepúsculo emoldurado pelo Pico Agudo, bem como o tradicional Mar de Nuvens preenchendo todo o Vale durante o Alvorecer - que assim o Eterno nos permita!

Preocupados com a sorte de nossos companheiros, fizemos um rápido lanche, chumbamos o cano com cimento, areia e pedras do cume esboçando um 'pato' que pretendemos completar em nossa próxima ascensão a Montanha munidos com mais areia e cimento...


Aspecto da vegetação do Cume.

Rapidamente fizemos uma caminhada pela Floresta de transição que há no cume. Parentesis aos belos exemplares de cactus nativos. Decidimos descer o paredão pela borda da floresta. Percorremos uns 30 metros com farto apoio em arbustos, até chegarmos a um precipício  de onde só se pode descer com apoio dos cipós que abundavam no desfiladeiro...

Perguntei ao Lucas se ele encarava descer pelos cipós ou se retornaríamos ao conforto de nossa trilha já aberta... Optamos pelo retorno e alcançamos a trilha logo acima da primeira fenda. Este trajeto alternativo (mais seguro, para quem não gosta de rocha exposta) não chegou a ser demarcado, pois nossa fita isolante vermelha havia chegado ao fim...

A partir daí a caminhada fluiu rapidamente pela trilha já aberta e sinalizada. Em cerca de 30 minutos já havíamos retornado ao estacionamento na estrada. Decidimos partir direto em direção ao paradisíaco Salto Lambari... As 14:00 hrs, já ensaiávamos o tradicional salto em suas águas verdes gélidas... Uma merecida recompensa para uma memorável empreita!


A Equipe.

O muro da vergonha em Brasília!


Seguindo a velha tradição totalitária socialista, o PT mandou erguer um muro com chapas de aço na esplanada dos Ministérios em Brasília para manter os burocratas longe da fúria do Povo durante o desfile de 07 de Setembro. O cenário surreal é um eco do muro da vergonha, construído pelos comunistas em Berlin para conter a fuga em massa do Povo para a Alemanha Capitalista em 1961. Impossível também não recordar do clássico 1984, de George Orwell. É o fim da picada para a esquerda corrupta e incompetente encastelada nas tetas gordas do poder! 

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Um desgoverno desmoralizado!


Dilma enviou ao Congresso proposta orçamentária prevendo um déficit de R$ 30,5 bilhões em 2016. Dá para levar a sério um governo deste? Ninguém vê esforço algum dos petistas em cortar mordomias e gastos desnecessários... Bilhões de reais continuam sendo torrados em TVs, rádios, jornais, internet, manifestações, etc... Para quê? Governos não têm concorrentes; Estatais monopolistas, idem! Troco a propaganda enganosa do desgoverno petista e da Petrobrás por menos impostos e por preços menores na bomba! E você?